7
dez
2013
Pistantrofobia

Em meus estudos recentes me deparei com essa nova síndrome: Pistantrofobia – Que consiste no medo exagerado de confiar nas pessoas, devido a experiências negativas do passado.

 photo confiar.jpg

Como achei o tema interessante vim debater ele com vocês. Um medo para ser patológico deve causar danos significativos no cotidiano do sujeito. No caso de pessoas que sofrem com a Pistantrofobia as suas relações ficam bastante comprometidas, gerando danos em toda esfera social, pois em tudo que é social (casa, escola, trabalho, etc.) encontramos relações e acredito que boas relações só se estabelecem na confiança, sem ela nenhum laço permanece por muito tempo. Falando metaforicamente quando dou um laço e deixo o nó frouxo com o passar do tempo esse laço se desfaz, por mais bonito que tenha ficado. O mesmo acontece com as relações, sem o nó forte da confiança não há amor, respeito, carinho, admiração e amizade que resista e se esse nó com o tempo se desfaz.

Muito complicado também é deixar de fazer laços por medo, devido a um passado negativo que não volta mais. Uma vida sem laços de diversas cores e tamanhos e como um jardim sem flores ou uma horta sem frutos.

Você tem sofrido de Pistantrofobia? Procure um especialista ele poderá a te ajudar!



paloma
Categorias: cotidiano psicologia


gravatar
Monique Baptista
dezembro 9th, 2013 às 0:23

1

CAramba, esse post realmente pintou em um momento que estou passando por algo assim, o meu mal é sempre confiar nos outros, achar que todos querem o nosso bem e sempre acabo me ferrando, mas não perco as esperanças de um dia poder ter um amigo que eu possa confiar. Muito triste isso, mas acho que sofro de pistantrofobia.

[Responder]

gravatar
Monique Baptista
dezembro 9th, 2013 às 0:23

2

CAramba, esse post realmente pintou em um momento que estou passando por algo assim, o meu mal é sempre confiar nos outros, achar que todos querem o nosso bem e sempre acabo me ferrando, mas não perco as esperanças de um dia poder ter um amigo que eu possa confiar. Muito triste isso, mas acho que sofro de pistantrofobia.

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
dezembro 9th, 2013 às 13:23

3

Monique, boa tarde!
Pelo seu relato você não sofre de Pistantrofobia porque você confia nas pessoas. O que infelizmente tem acontecido e que as pessoas não tem feito bom uso da sua confiança.
Mas isso ai, não perca a esperança. Por que até as decepções ensinam e a felicidade somos nós que buscamosm [dance] [kissu]

[Responder]

gravatar
Mariana Rosa
dezembro 9th, 2013 às 17:21

4

Boa tarde…buscando algumas soluções para meu relacionamento ou quase relacionamento me deparei com um post no face falando sobre essa sindrome….acho que ele se encaixa perfeitamente. Meu qse quem sabe namorado, sofreu uma decepçao muito grande no relacionamento passado ,no qual a maior queixa dele, é que se apegou demais nos enteados e com o fim do relacionamento ,a ex mulher não deixa ter mais contato entre eles…como tb tenho filhos, ele tem medo de se envolver , de fazer planos, de amar meus filhos e o relacionamento nao dar certo e mais uma vez sofrer com a separação minha e das crianças…enfim é muito complicado, pq andamos a passo de tartaruga, ja que a cada um passo pra frente , paramos 2 no trauma dele…..Luto para que ele vença isso tudo, pq sei que nosso relacionamento tem tudo para dar certo e a felicidade ser uma constância…espero ler mais sobre o assunto…bjocas e boa semana para ti!

[Responder]

gravatar
Mariana Rosa
dezembro 9th, 2013 às 17:21

5

Boa tarde…buscando algumas soluções para meu relacionamento ou quase relacionamento me deparei com um post no face falando sobre essa sindrome….acho que ele se encaixa perfeitamente. Meu qse quem sabe namorado, sofreu uma decepçao muito grande no relacionamento passado ,no qual a maior queixa dele, é que se apegou demais nos enteados e com o fim do relacionamento ,a ex mulher não deixa ter mais contato entre eles…como tb tenho filhos, ele tem medo de se envolver , de fazer planos, de amar meus filhos e o relacionamento nao dar certo e mais uma vez sofrer com a separação minha e das crianças…enfim é muito complicado, pq andamos a passo de tartaruga, ja que a cada um passo pra frente , paramos 2 no trauma dele…..Luto para que ele vença isso tudo, pq sei que nosso relacionamento tem tudo para dar certo e a felicidade ser uma constância…espero ler mais sobre o assunto…bjocas e boa semana para ti!

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
dezembro 11th, 2013 às 11:54

6

Mariana, pessoas são diferentes e relacionamentos também!
Uma pessoa que sofre de Pistantrofobia não conhece estabelecer essa diferença pq seu medo é tão grande que sua razão fica comprometida diante de pensamentos negativos.
Sugiro que você busque ajuda terapêutica para seu companheiro, e fico na torcida para que a relação de vocês dê certo!

[Responder]

gravatar
Cris GL
dezembro 13th, 2013 às 0:27

7

No meu caso, desde criança, tenho um temperamento de não confiar nas pessoas…minha filosofia é sempre confio com um pé atrás….não sabia que isto era uma síndrome…bem, sendo ou não, isto já me evitou muitos disabores…

[Responder]

gravatar
Cris GL
dezembro 13th, 2013 às 0:27

8

No meu caso, desde criança, tenho um temperamento de não confiar nas pessoas…minha filosofia é sempre confio com um pé atrás….não sabia que isto era uma síndrome…bem, sendo ou não, isto já me evitou muitos disabores…

[Responder]

gravatar
dezembro 17th, 2013 às 22:00

9

E´MTO TRISTE MESMO!!

[Responder]

gravatar
dezembro 17th, 2013 às 22:00

10

E´MTO TRISTE MESMO!!

[Responder]

gravatar
dezembro 22nd, 2013 às 16:18

11

É, ta bom, que coisa, vou me curar dessa doença, assim como um gay de nascimento vai se curar e virar hétero. A para, povo fica vendo doença no instinto natural do ser humano. Isso já deu hem.

[Responder]

gravatar
Lucas Barreto
dezembro 22nd, 2013 às 15:39

12

kkkk, essa tal ''fobia'', é a fobia mais palhaçada que já existiu.
Bando de gente iludida.
Esse ''distúrbio'' me lembra muito o estereótipo de nome feio criado, chamado ''Abstemio'', pessoa que não bebe.
Beleza, a internet ensina vc a ser ''cool'', e trouxa, colocando nomes feios nos instintos naturais dos seres humanos. -.-

[Responder]

gravatar
Lucas Barreto
dezembro 22nd, 2013 às 16:18

13

É, ta bom, que coisa, vou me curar dessa doença, assim como um gay de nascimento vai se curar e virar hétero. A para, povo fica vendo doença no instinto natural do ser humano. Isso já deu hem.

[Responder]

gravatar
dezembro 23rd, 2013 às 18:29

14

Por confiar demais, Monique, a experiência nos induz a confiar menos.

[Responder]

gravatar
Marcia Nunes
dezembro 23rd, 2013 às 18:29

15

Por confiar demais, Monique, a experiência nos induz a confiar menos.

[Responder]

gravatar
Monique Baptista
dezembro 24th, 2013 às 2:22

16

Marcia Nunes com certeza, tô de pé atrás! rsrs

[Responder]

gravatar
Monique Baptista
dezembro 24th, 2013 às 2:22

17

Marcia Nunes com certeza, tô de pé atrás! rsrs

[Responder]

gravatar
janeiro 3rd, 2014 às 20:25

18

Interessante!!!

[Responder]

gravatar
janeiro 3rd, 2014 às 20:25

19

Interessante!!!

[Responder]

20

[…] Fonte - ruivadefarmacia […]

gravatar
fevereiro 10th, 2014 às 22:12

21

eu acho que sofro disso pq sempre acreditei tanto no futuro, nas pessoas e que cada dia que passa me decepciono cada vez mais em geral em tudo ao meu redor

[Responder]

gravatar
fevereiro 10th, 2014 às 22:12

22

eu acho que sofro disso pq sempre acreditei tanto no futuro, nas pessoas e que cada dia que passa me decepciono cada vez mais em geral em tudo ao meu redor

[Responder]

gravatar
leticia guidolin
março 25th, 2014 às 21:30

23

Ola!!
Li uma materia sua sobre pistantrofobia e acredito que meu namorado tenha isso..
Tem alguma dica para que eu consiga fazer isso parar?
Namoramos a um ano e estamos nessa crise dele ter medo e ficar imaginando que traio ele.. Nos queremos continuar, mas o medo dele nao deixa.. Adoraria sua ajuda!

[Responder]

gravatar
março 29th, 2014 às 1:18

24

Lucas Barreto. Muito infeliz sua comparação já que a homossexualidade não é uma doença. Já sobre sua outra colocação sim o medo é inerente ao homem, agora a forma como lidamos com ele sim o torna uma doença passível de cura!

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
março 28th, 2014 às 22:23

25

Lucas Barreto. Muito infeliz sua comparação já que a homossexualidade não é uma doença. Já sobre sua outra colocação sim o medo é inerente ao homem, agora a forma como lidamos com ele sim o torna uma doença passível de cura!

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
março 28th, 2014 às 22:34

26

Boa noite, Letícia!
Se você acredita que seu namorado sofre dessa síndrome sugiro que você convença ele a procurar uma ajuda terapêutica, um profissional saberá fazer um diagnóstico mais específico. Lembrando que só existe mudança quando nós estamos dispostos e queremos mudar, então é preciso saber se seu namorado estar disposto a mudar.

[Responder]

gravatar
Jhony
abril 1st, 2014 às 22:12

27

Olá Doutora, Boa Noite! Venho Sofrendo com a Pistantrofobia à Algum Tempo. Tenho receio em conversar com as Pessoas e até mesmo me abrir com meus Amigos. Nas Últimas relações não duraram muito tempo, devido à essas experiências terem aberto um vazio dentro de mim, sendo que não consigo lhe dizer os sentimentos que me vêm a cabeça quando essas crises aparecem… Minhas relações em casa também mudaram, não consigo conversar com a minha mãe direito e nem com qualquer outra Pessoa, e estou sofrendo muito com isso, porque não consigo recuperar o meu ‘EU’ anterior! Ultimamente na verdade, venho apenas falando com as Paredes… como fazer?

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
abril 2nd, 2014 às 11:56

28

Boa tarde, Jhony.
O primeiro passo você já deu é que querer mudar essa situação. Agora o que você deve fazer é procurar um Psicólogo que te ajudará a compreender o que aconteceu nas suas relações anteriores que estão causando danos nas atuais.
Lembrando que casa pessoa é única e por isso nos relações também serão, não confiar em uma pessoa que falhou com você é uma coisa agora todas essas pessoas estão falhando com você para merecerem sua falta de confiança?

[Responder]

gravatar
daniela
abril 28th, 2014 às 13:07

29

Ola eu sofro de pistantrofobia e isso aconteceu por causq do meu primeiro namorado qnd eu tinha 14 anos ele mentia mt me traia e euvsmpre perdoava por amor ate q eu engravidei 1 ano depois e pensei q ele mudariq pelo nosso filho q casariamos e seriamos uma familia so q foi diferente sofri mt durant a gravidas mts vezes pensei em me matar mas pensava no meu filho depois q ele nasceu o pai dele voltou na minha vida como sempre e foi assim por mais 2 anos mentiras traicoes desconfiancas nos hj estamos separados mas eu n cnsigu deixar as pessoas c aproxinarem d mim tds q tentam eu me afasto cada fez mais e isso ta me fazendo mto mal pq ja ta na hora d crescer trabalhar e estudar mas eu nao consigo quase nem saiu de casa n sei mais oq fazer se puder me ajuda eu agradeco mt.

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
abril 29th, 2014 às 23:03

30

Daniele,
A falta de animo não são sintomas da pistantrofobia. Você pode estar sofrendo mais de um transtorno como a depressão por exemplo. No seu caso sugiro que procure o mais rápido que puder um profissional especializado (Psicólogo ou Psiquiatra) para um acompanhamento. Cuide-se antes de amar qualquer pessoa devemos nos amar.

[Responder]

gravatar
maio 11th, 2014 às 13:54

31

boa tarde tenho uma amiga que tem todos os sintomas por assim dizer de pistantrofobia gostaria de a ajudar mas nao sei como fazer porque ela se encontra tao maguada e fechada que tive de investigar o problema dela

[Responder]

gravatar
maio 11th, 2014 às 13:55

32

por favor pecovos que me aconselhem

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
maio 12th, 2014 às 21:25

33

Boa noite! Raul.
É preciso conhecer os motivos que deixaram sua amiga magoada para tentar ajuda-lá.
Conversar com amigos confiáveis como deve ser o seu caso pode ajudar sua amiga a passar por esse momento difícil.
Boa sorte e sugira a ela procurar um terapeuta!

[Responder]

gravatar
julho 26th, 2014 às 0:11

34

Puxa! Fiz um artigo hoje mesmo sobre o assunto e fui ver se aparecia no google e achei este trabalho seu!!! Já que eu conferi o seu que tal olhar o meu: http://reflexhuman.blogspot.com.br/2014/07/pistantrofobia.html

[Responder]

gravatar
Paloma Souza
julho 29th, 2014 às 22:48

35

Obrigada pelo prestígio Roberto Gama da Silva. Vou ler o seu também!!

[Responder]

gravatar
Jhenifer Syllva
agosto 14th, 2014 às 14:38

36

Eu acho que acabo de perder o maor da minha vida por esse broblema e agora ñ sei oq fazer estou perdida

[Responder]




[yeah] [starr] [star] [ss] [sjg] [sapo] [roda] [rimelll] [rimel] [pula] [pu] [pig] [pais] [ooO] [oh] [oO] [o08] [nho] [meda] [make] [make6] [make2] [lua] [love u] [lip] [kissu] [jfvty] [ilo] [idea] [heartt] [heart] [hap] [godi] [fro] [fant] [eat] [domuu] [domo] [dance] [cupc] [cup] [crown] [cooo] [cool] [com] [clap] [cav] [cake] [brilha] [brilh] [bowww] [blushh] [be] [bd] [bad] [assob] [arranca] [angel] [_)] [HAHA] [=P] [=M] [=)] [:S] [:F:F] [:D] [:D:D] [::(] [!] [!!!]





Ultimas do Instagram